Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!

Alguém ai?

Qua 8 Ago 2018 - 12:52 por Hefesto

Estou afim de voltar a narrar, tem alguém querendo participar?

Comentários: 27

Autores nos tópicos

Dom 2 Jul 2017 - 20:55 por Ártemis

Autores nos tópicos

Recentemente adicionei em todos as postagens do tópico de Tutoriais e Guias bem como
o tópico da Biblioteca o nome de quem fez, quem ajudou a fazer, quem editou (boa parte do conteúdo), e quem ajudou com a ideia.

Assim temos uma visão mais clara de pessoas que, apesar de a maioria não saber, ajudaram com o crescimento e evolução do fórum.

Lembrando que todo o conteúdo criado para o fórum é de autoria do mesmo. Todo "direito autoral" que estabelecemos aqui é de Rick Riordan, o criador das séries Percy Jackson e Os Heróis do Olimpo.


Comentários: 0

EVENTO DOUBLE ALEGRIA DE FÉRIAS

Ter 27 Jun 2017 - 14:28 por Selene

Evento Double Alegria de férias



Evento válido do dia 01/07/2017 até 15/07/2017


Férias de Julho chegando e nada melhor do que um evento double pra levantar os ânimos do fórum. Chamem seus amigos e desfrutem do evento
DOUBLE ITENS, EXP e DRACMAS





Comentários: 1

Problemas com as contas Olimpianas

Dom 8 Jan 2017 - 13:29 por Quíron

Olá Olimpianos.

Depois de um backup feito no fórum os direitos de administrador de todos os olimpianos foram retirados automaticamente pela Forumeiros. A princípio é para esse erro já ter sido corrigido, se algum Olimpiano ainda estiver com problemas mande mp ou fale comigo no Facebook: https://www.facebook.com/paulohenrique.morais.9

Desculpe o transtorno, Quiron.


Comentários: 0


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » São Francisco » 

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 6]

Hermes

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário


Foi tudo muito rápido. Zoe não teve tempo de reunir fôlego para soltar seu grito. Uma espécie de nevasca empurrou a caçadora para longe. Quando ela se deu conta, havia sido arremessada contra uma parede e o a arqueira do gelo estava de pé, com o arco posicionado. Com sua experiência, Zoe foi capaz de identificar aquilo: Um disparo especial.

Ela tenta invocar sem sucesso sua carruagem solar e sente que algo está a impedindo de usar seus poderes. Cristais de gelo estavam por todo seu corpo. Uma armadilha perfeita. A arqueira do gelo então se apresenta como Drow Ranger e começa a atirar flechas numa velocidade impressionante. Zoe confiando ao máximo em seus sentidos consegue esquivar os três primeiros e só não foi atingida pelo quarto porque sua águia passou com velocidade por cima da adversária, fazendo-a desequilibrar e errar o disparo.

Um detalhe interessante é que agora, todas as flechas disparadas pela oponente tinham uma aura azulada e gélida, e congelavam tudo aquilo que atingiam quase que instantaneamente. Drow levanta e prepara 3 flechas do seu arco de uma vez... Parece que uma arqueira-mestre foi encontrada.

Enquanto isso, os dois garotos tem sucesso em eliminar os desajeitados esqueletos. Com movimentos não muito precisos e com a ajuda do cão de caça, que aniquilou outro esqueleto que iria acertar Salitork. Vitor compensa o vacilo da última rodada quebrando um esqueleto a partir de seu tórax.

Para a infelicidade dos garotos e do cão, todos os ossos se transformam em pó dourado quando o último esqueleto morre. Agora eles deveriam esperar sua escoltadora voltar ou se arriscar em procura-la para tentar ajudar no combate contra a misteriosa arqueira gélida...




Drow Ranger:




Esqueleto I – Morto
Esqueleto II - Morto
Esqueleto III - Morto
Esqueleto IV - Morto


Zoe Salvatore – Poderes Ativos cancelados por duas rodadas devido o sopro de gelo mágico da Drow

#21

Vitor Allan Collingwood

avatar
Filho(a) de Hermes
Filho(a) de Hermes
Ver perfil do usuário
Finalmente derrotamos os malditos esqueletos, eu tinha pisoteado o tórax dele e para minha infelicidade eu não pude pegar o osso pois ele tinha virado pó mas a felicidade de derrotar meu primeiro oponente falava mais alto

-Salitork, vamos ajudar Zoe, tudo bem que ela não gostaria disso mas eu estou com um pressentimento ruim, quanto as pessoas congeladas depois resolvemos isso, elas não vão sair daqui mesmo

Corremos na direção que Zoe havia corrido mas não encontrava ela então subo em cima de um carro, uma Range Rover e grito

-Zoe!!!!, Zoe!!!!

Eu não encontrava ela mas senti o mesmo frio que havia sentido quando a arqueira de gelo apareceu, eu empunho minha espada segurando com as duas mãos e deixando a na altura do peito e fico atento e preparado para o combate, ainda com o coração acelerado por conta da briga com os esqueletos, caso o arqueiro atire uma flecha em mim eu tento desviar me defender com a espada, caso eu identifique o local que Zoe está eu corro para tentar ajuda-la.

#22
Ver perfil do usuário
Finalmente havia vencido os esqueletos, eu tinha gostado muito da sensação de extinguir o mal, antes mesmo de podermos comemorar Allan começava a falar coisas sem sentido, subia num carro e não parava de gritar, na hora pensei "Oque ele está fazendo?!" mas preferi impedi-lo de continuar com loucuras.

-Allan, saia dai agora, no alto e em um lugar aberto você é alvo fácil, e acha mesmo que essa espada vai te defender? Esse oponente não está a nossa altura, não podemos ignorar os feridos, temos que ajuda-los, eles ainda podem estar vivos, vem comigo ou não?!- Assim que terminava a minha frase ia verificar os corpos, o gelo dificultava muito para eu sentir o pulso deles, e isso não era bom.

-Allan, se acalme, ela sabe se cuidar, ela é uma arqueira de alto nível...
Com 200 anos de experiencia e quase 200 de agilidade e pericia- Entrava na construção procurando alguma coisa que emitisse calor ou que fosse inflamável, olhava para o cão da Escoltadora e dizia para ele como se ele me entendesse.

-Está tudo bem totó, se você é tão forte assim, com certeza a sua mestra deve ser ainda mais poderosa...- Começava a acariciar a cabeça do canino e me levantava em seguida.

-Totó, pode me ajudar a procurar algo para aquecer os corpos? Quero sentir que fiz algo mesmo que eles já não vivam... A olha para min... Falando com animais...- Continuava a procurar rezando para todos os deuses que Allan criasse juízo e viesse me ajudar.

Começava a observar os corpos e caso achasse algo para aquece-los, claro que eu iria aquece-los, mas passava vagamente sobre a minha cabeça, que tipo de gente, veria tal estrago e tentaria enfrentar a pessoa que causou o mesmo? Ou melhor... Porque salvar uma pessoa que parece nem se importar conosco, nos tratando como pesos, se você poderia salvar muitas outras?

-Allan venha aqui agora...-
Empunhava minha espada e puxava Allan pelo braço, caso ele me atacasse por susto ou algo do tipo, eu tentaria bloquear o seu golpe, estava-mos no mesmo nível de combate, talvez não fosse difícil para-lo, começava a puxa-lo para perto da construção, onde estaria-mos mais seguros.

-Allan, não confie nos seus instintos sempre, e se ela voltar e ver que não estamos aqui?O castigo pior seria dela, provavelmente a puniriam se ela nos perdesse, vamos salvar estas pessoas aqui, e quem sabe ela reconhece que temos um potencial?- Ainda segurava o braço do garoto, mas logo depois o soltava, minhas ultimas palavras tinham como fim tentar acalmar aquela alma desesperada por simples pressentimentos, eu não confio muito nessa coisa de instinto e preferi seguir as ordens até o fim.

#23

Cristie Tinuviel

avatar
Filho(a) de Apolo
Filho(a) de Apolo
Ver perfil do usuário
Eu também sei brincar, puta! !!!, penso quase fora de mim. Apenas minha experiência e treinamento me mantinham com a cabeça no lugar.

Rapidamente puxo três flechas no arco. E disparo-as nas flechas da arqueira, interceptando-as e explodindo-as em chamas no ar. Se você é gelo, eu sou fogo, penso. Vamos ver quem leva a melhor nesta.

Rapidamente me jogo e rolo para um lado, para confundir sua pontaria, e imediatamente puxo a corda do arco, sem me dar o trabalho de pegar as flechas na aljava, para poupar tempo, e invoco nele 3 flechas do sol. Disparo-as contra a arqueira de imediato, mirando a do meio em seu peito, e as outras duas, cada uma, no ar a cada lado dela, de forma que se ela desviasse da do meio, de ambos os lados ainda poderia ser atingida por uma flecha.

Caso os guris apareçam ali, eu disparo uma das três ultimas flechas no chão à frente deles, assustando-s e forçando-os a recuar com a explosão.

Não interfiram! — Grito,c aso tenha oportunidade para isso.




No mais, a todo tempo eu fico atenta para desviar de suas flechadas ou interceptá-las no ar com as minhas. Eu já havia desviado tiros de pistola com as flechas em pleno ar; os projéteis dela não seriam mais difíceis. dou meu melhor para pular, girar e rolar, usando de toda a minha agilidade, instintos, reflexos, Profecias e experiência para evitar suas flechas e magias da melhor forma possível.

Sinto, além da raiva, uma felicidade violenta. Mesmo que se tratasse de um inimigo, a Elza ali era muito boa com o arco, e eu admirava qualquer um, principalmente tratando-se de uma mulher, que alcançasse aquele nível com a arma. Afinal de contas, sendo filha de Apolo e caçadora, eu dedicava a minha vida eterna a isso; ao arco. E, justamente por isso, recuso-me a perder para ela. Dou o meu melhor a cada movimento, determinada a mostrar do que sou feita.

Flechas do Sol: Diferente do Poder Ativo "Flecha Solar", todas as flechas lançadas são como raios do sol. O poder de destruição é aumentado muito e também não são mais necessárias flechas comuns. Vantagem quando usada ao sol. ( ESSA acrescenta +8 MIRA por flecha)

Profecia Intermediária: Aumentando o poder de "Profecia Básica", o filho de Apolo pode prever acontecimentos futuros na missão ou na própria luta, dando tempo para este conseguir se adaptar a situação em que prever (+7 REFLEX)

Saque Rápido II: Filhos de Apolo conseguem sacar flechas de sua aljava com maior rapidez do que outros semideuses.

Raios Solares: Os filhos de Apolo se recuperam 10 de hp e energia por turno, quando ao sol.



Velocidade: Por viverem pelas florestas perseguindo suas presas, as caçadoras de Ártemis desenvolvem ótima velocidade (+8 AGI), reflexos (+4 REFLEX), e mira (+3 MIRA) tornando-as bastante rápidas e evasivas. Dificilmente são atingidas quando estão atentas.

Perícia com Arco e Flechas [Avançado]: Confere nível de perícia [Avançado] para arco e flechas. Tem efeito da habilidade ativa Flecha Certeira [Intermediário]. Permite treinamento das demais perícias até o nível [Avançado].



Passivas importantes:


Flecha Veloz: Sua flecha se move numa velocidade superior ao normal, deixando menos tempo para o alvo se esquivar.
Profecia Intermediária: Aumentando o poder de "Profecia Básica", o Filho de Apolo pode prever acontecimentos futuros na missão ou na própria luta.
Velocidade: Por viverem pelas florestas perseguindo suas presas, as caçadoras de Ártemis desenvolvem ótima velocidade, aceleração e reflexos, tornando-as muito rápidas e evasivas. Dificilmente são atingidas quando estão atentas.
Instinto Selvagem : As caçadoras possuem sentidos muito aguçados, podendo ouvir e sentir o perigo se aproximar muito antes do que qualquer um.
Bracelete de Ártemis: Acrescenta bônus em precisão, velocidade e agilidade.

#24

Hermes

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário


Uma série de explosões no local. Chamas e cristais de gelo por todos os lados. Isso definia a batalha de arqueiras onde nenhuma parecia querer ceder. Se Zoe disparava 3 flechas, Drow fazia o mesmo. Se Drow disparava 4, Zoe as interceptava.

O problema eram os efeitos colaterais. Focos de incêndio e o chão se tornando uma pista de patinação de gelo eram a descrição do local.

- Vamos Elevar os níveis. – Foi a primeira coisa dita por Drow durante toda a batalha. Ao seu redor, uma aura rôxa sinistra começava a ser emanada e seus tiros se tornaram ainda mais precisos. Em uma das disputas, uma flecha do sol atinge de raspão o braço de Drow, deixando uma leve queimadura, enquanto uma flecha de gelo fazia o mesmo percurso pelo braço da caçadora, que ficou dormente.

Os dois garotos entram em um pequeno conflito. Vitor Allan estava disposto a se arriscar e ajudar a escoltadora. Uma atitude nobre e corajosa, porém não muito aconselhável considerando o nível de habilidades. Quem o traz ao mundo real é Salitork, que estava procurando sem sucesso por um método de ajudar as pessoas congeladas. Aquele gelo não derretia, era como se uma magia poderosa emanasse daqueles blocos.

O cão de repente começa a rosnar e surge uma dupla de homens com cabelos cumpridos. Eles vestiam uma espécie de manto mas era possível ver espadas embainhadas e uma espécie de peitoral semelhante ao dos garotos. O cão de caça tenta pular nos dois mas é interceptado em pleno ar por um cão infernal. Pelo visto ele teria seu próprio combate...

Os elfos sorriem e trocam um olhar malicioso e se afastam. Cada um começa a fitar um dos semideuses e avançam a passos leves e curtos, com as mãos nos cabos das espadas...



Drow Ranger – 80%:




Elfo I – 100%
Elfo II – 100%


Zoe Salvatore – Poderes Ativos cancelados por uma rodada devido o sopro de gelo mágico da Drow

#25

Cristie Tinuviel

avatar
Filho(a) de Apolo
Filho(a) de Apolo
Ver perfil do usuário
Em meio a disparos e esquivas, saltos e rolamentos, gelo e fogo... Eu lembro-me da ultima vez que me senti tão pressionada em uma batalha.
Devia ter sido apenas mais uma excursão na floresta com a lhokita. Mas fomos abordadas por 5 semideuses, e Lhokita, nocauteada. A visão da semideusa mais forte que eu já havia conhecido jogada ao chão... Levou-me ao extremo do extremo da raiva e do desespero. Por minutos que se arrastaram como uma eternidade, lutei contra os 5 sequestradores para defender minha amiga, tenente e irmã, mas no fim, como ela, fui derrotada, é claro.

Mas ali havia apenas uma arqueira. Se eu não conseguisse dar cabo de apenas ela... Apenas outra arqueira... Não poderia encarar as outras na caçada ao voltar para o Acampamento. E eu tinha uma missão a cumprir. Assim como antes, eu tinha alguém a proteger.

Havia atingido a arqueira com uma flecha. Mesmo que de raspão... Sorrio. A partir dali, eu saberia todos os movimentos da bendita arqueira de gelo. Ela havia aumentado a precisão dos disparos e a sua aura gélida... Mas eu também estava subindo os degraus. O aquecimento estava acabando.

Tendo essa vantagem, eu aproveito para; Prever seu próximo disparo, lançar então, com antecedência, uma Flecha do Sol, visando interceptar o disparo dela no ar e desviar qualquer outra flecha com a força da explosão, e imediatamente, em sequência, disparo as outras duas flechas na direção de seus pés, usando a Marca do Profeta para prever algum desvio dela e, então, reajustar a pontaria. Aproveito o brilho da primeira flecha e da explosão para encobrir o disparo das demais.

Sempre vejo a melhor forma de desviar de suas flechas, agora tendo preciosos segundos de visão de seus próximos movimentos. Intercepto-as no ar ou salto para evitá-las. Sempre fico atenta no caminho por onde ando, para não escorregar no gelo. Agora sequer precisava olhar para ela pra saber o que ela faria, o que me permite dar maior atenção ao ambiente ao redor, e ainda tornava impossível um ataque surpresa. Uso disso pra desviar melhor que antes.


[HABILIDADE ÚNICA] Marca do Profeta: A cada flecha que atinge o alvo, este recebe uma Marca do Profeta. A cada acúmulo a filha de apolo terá uma melhor visão dos próximos movimentos de seu alvo. Ela consegue prever 0,2 + (lv /10) + (flechas /5) segundos de antecedência.
Ou seja, a cada nível do usuário, + 0,1 segundo é adicionado no tempo de previsão da habilidade. E, a cada flecha que o semideus acerta, 0,2 segundos são adicionados. Exemplo: A filha de apolo acerta um ogro com 5 flechas. A Marca do Profeta dará a ela 0,2 + 1,5 (Acúmulo e nível) + 1 (Acúmulo de flechas) = 2,7 segudos de antecedência dos movimentos de seu alvo.


Previsão atual: 1,9 Segundos



Passivas importantes:


Flecha Veloz: Sua flecha se move numa velocidade superior ao normal, deixando menos tempo para o alvo se esquivar.
Profecia Intermediária: Aumentando o poder de "Profecia Básica", o Filho de Apolo pode prever acontecimentos futuros na missão ou na própria luta.
Velocidade: Por viverem pelas florestas perseguindo suas presas, as caçadoras de Ártemis desenvolvem ótima velocidade, aceleração e reflexos, tornando-as muito rápidas e evasivas. Dificilmente são atingidas quando estão atentas.
Instinto Selvagem : As caçadoras possuem sentidos muito aguçados, podendo ouvir e sentir o perigo se aproximar muito antes do que qualquer um.
Bracelete de Ártemis: Acrescenta bônus em precisão, velocidade e agilidade.

#26

Vitor Allan Collingwood

avatar
Filho(a) de Hermes
Filho(a) de Hermes
Ver perfil do usuário
Eu estava fora de mim, isso foi muito sem noção por mais que pudesse ou não estar em perigo Zoe sabia se defender e era muito experiente, depois de soltar meus berros a procura de Zoe, Salitork me grita umas palavras que não dei muita atenção pois estava em estado de choque, ele me puxa pelo braço e logo entendi a intenção dele, recuperado do estado de choque e preocupado com Zoe eu tento ajudar Salitork a derreter o gelo das pessoas mas sem sucesso quando de repente dois “homens” de cabelos longos e um peitoral semelhante ao meu e o de Salitork surgem, o cão da caçadora tenta avançar nos dois “homens” e é impedido em pleno ar por um cachorro diferente das raças conhecidas pelo menos por mim

Era difícil acreditar como três filhos de deuses gregos conseguiam atrair tantos problemas e monstros ao mesmo tempo, será que os deuses não vêem isso? Agora essa brincadeira já estavam indo para o lado pessoal mas consegui me conter e não surtar outra vez,os “homens” se aproximam em passos curtos, pareciam pretender atacar, então eu rapidamente fico em posição de defesa tentando me proteger ao máximo de qualquer golpe vindo do cão e dos próprios “homens”, caso eles não me ataque eu procuro uma abertura atacando-o com golpes abaixo da cintura pois eles não usavam a parte de baixo da armadura e tentando me defender de qualquer golpe vindo de surpresa e dos próprios golpes do cão, tentando também ao máximo proteger aquelas pessoas congeladas pois eram um alvo fácil e não poderiam morrer.

#27
Ver perfil do usuário
Finalmente Allan voltava a si, mas o gelo não derretia, tocava no gelo e ele nem estava humido como o de esperado, eu devia ter pensando que o gelo daquela garota não era comum, comecei a me pressionar por uma falha simples, disfarcei minha preocupação e juntei todos os corpos em um só lugar.

Um tempo após a minha falha descumonal, dois rapazes se aproximavam, o cão da Escoltadora ficava bravo e atacava, mesmo ele sendo interceptado dava para perceber a sua fúria, ele teria a sua própria briga, desta vez eu não teria alguém que me defendesse, saquei minha espada com a mão direita e com a mão esquerda peguei o pedaço de aço.

Fiquei parado os observando bem, mas Allan os atacava com um golpe rasteiro, assim que Allan partiu para o ataque rasteiro eu preferi ficar na defensiva, pensei em vários modos que o individuo poderia interceptar os movimentos do Allan, mas se eu dissesse a ele provavelmente seria pior, se de tão perto ele tentasse recuar poderia sofrer um ataque direto, me afastei um pouco dos corpos congelados.

Agora era a minha vez, segurava a viga de aço de forma que cobrisse o meu ante braço para se defender de uma defesa impactante com mais apoio, com a espada a deixei a frente do meu torax, posicionei o braço a frente do corpo, pûs a perna direita para frente servindo de apoio e a perna esquerda ficou para trás com seu joelho curvado, eu não queria demonstrar medo, preferi esperar um ataque deles e ver mais o menos como lutariam para assim bolar um plano de ataque mais descente do que contra os esqueletos e harpias.



Você quer me desafiar?
Sou Salitork de Haros, filho de Deméter.
Futuro Atleta de Héracles, não sucumbirei fácilmente.

"Nunca morra para defender seus ideais,
Antes viva para defender quem ama,
Do que morra e o deixe em sofrimento eterno."

E ai, pronto para ser engolido pela glória da terra?
#28

Hermes

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário


Game Over. Isso resumia a situação da Drow Ranger. Zoe, por ser Apelona pra Caralho experiente e possuir uma habilidade única mesmo entre filhos de Apolo e caçadoras, conseguiu prever os movimentos da inimiga depois de acertar a primeira flecha do sol.

Quando Drow se deu conta de que seus movimentos estavam sendo previstos pela caçadora já era tarde. As flechas disparadas eram precisamente interceptadas ou esquivadas e ela ainda recebeu dois tiros diretamente sobre os pés, o que a deixou imobilizada além de aumentar a capacidade de previsões de Zoe.

- Espere! - Foi o que disse a mulher quando viu que a caçadora havia vencido a luta. – Agora sei que você é a pessoa que estive a procurar por toda a vida – Conclui jogando sua aljava e arco para longe e ficando desarmada.

Enquanto isso Vitor e Salitork se viam um tanto quanto encurralados. Vitor faz o certo ao entrar em posição defensiva, pois o Elfo que vinha em sua direção aumentou o ritmo dos passos e tentou desferir um corte vertical contra o garoto. Aquilo teria lhe partido ao meio se ele não estivesse atento e tivesse bloqueado o golpe. As duas espadas estavam encostadas, com o Elfo praticamente encostado do jovem semideus.

Salitork por outro lado tem a atitude de se afastar dos corpos congelados a fim de evitar que fossem atingidos pelo combate. Ele estava tentando segurar uma viga de ferro que um dos esqueletos  portava com uma mão e a espada com outra, o que era um tanto quanto incômodo, pois ele não era ambidestro e as armas eram pesadas, o que dificultaria seu equilíbrio com as armas, além de comprometer sua agilidade. Ele tenta adotar uma posição defensiva, mas estava complicado... Além disso, Diferente do que ele esperava, seu parceiro não atacou com uma rasteira, e sim, focou na defesa, o que faz com que seu plano de observação vá por água abaixo.

O elfo então avança na sua direção e ele tenta defender com a viga. Ele consegue fazê-lo com muita sorte no primeiro ataque, mas se desequilibra rapidamente. O elfo então dá um chute em sua barriga fazendo-o largar a viga e cair pra tás de mau jeito. Ao tentar se levantar ele sente uma dor intensa e percebe que deslocou um ombro.

O cão de caça ao ver isso tenta uma vez mais avançar contra o elfo, afinal, a ordem de sua mestra foi proteger os indefinidos, mas ele não consegue, acabando por abrir a guarda e levar uma potente mordida do cão infernal, criando um ferimento que fazia muito sangue esvair de seu pescoço. Por mais forte que o cão fosse, aquilo era uma desvantagem e tanto, e para piorar, o cão inimigo corre para um local escuro e se esconde em meio às sombras, sua especialidade. Agora existia além de tudo, a possibilidade de um ataque surpresa.



Drow Ranger – 50%:




Elfo I – 100%
Elfo II – 100%


Zoe Salvatore – Livre do efeito do sopro de gelo


Vitor Allan
HP: 100/100
MP: 100/100


Salitork – Ombro direito deslocado, sentindo muita dor
HP: 95/100
MP: 100/100

#29

Cristie Tinuviel

avatar
Filho(a) de Apolo
Filho(a) de Apolo
Ver perfil do usuário
ELIE — Grito para os céus, e aponto na direção da estação, onde estavam os pivetes — VIGIA!


Assim, envio minha adorada águia pra ver o que os meninos estavam aprontando. A águia estava com uma bomba nas mãos (digo, patas), e a deixaria cair na cabeça de qualquer monstro que visse que estava importunando os guris. Tipo um pombo fazendo cocô.


Assim, volto minha atenção para a arqueira à minha frente, e inspiro e expiro profundamente, cansada da batalha.


Seja breve — Falo para ela. 


Mantenho-me a alguns metros da inimiga. Havia sido uma batalha árdua. Ela era, de fato, uma mestre no manejo do arco e flecha, e eu imaginava o quanto poderia melhorar se fosse uma de nós, caçadoras... Mas descarto a ideia de um convite. Ela havia me atacado sem pensar duas vezes. Eu não a permitiria entrar na caçada, pondo minhas companheiras em risco. 


Fico atenta, alerta aos movimentos dela através da minha Marca do Profeta, e caso ela pretenda tentar algo como sumir, atacar e etc, uso os 2,3 segundos de antecedência que tenho de cada movimento seu para saltar sobre ela, fazendo meu arco sumir, sacar ambas as minhas adagas e perfurar suas duas pernas com elas, nas coxas, enfiando as lâminas de bronze até o punho com minha força somada ao impulso do salto. 



Passivas importantes:


Flecha Veloz: Sua flecha se move numa velocidade superior ao normal, deixando menos tempo para o alvo se esquivar.
Profecia Intermediária: Aumentando o poder de "Profecia Básica", o Filho de Apolo pode prever acontecimentos futuros na missão ou na própria luta.
Velocidade: Por viverem pelas florestas perseguindo suas presas, as caçadoras de Ártemis desenvolvem ótima velocidade, aceleração e reflexos, tornando-as muito rápidas e evasivas. Dificilmente são atingidas quando estão atentas.
Instinto Selvagem : As caçadoras possuem sentidos muito aguçados, podendo ouvir e sentir o perigo se aproximar muito antes do que qualquer um.
Bracelete de Ártemis: Acrescenta bônus em precisão, velocidade e agilidade.

#30

Conteúdo patrocinado


#31

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 6]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum